As maravilhas da internet

Encontrei no meu baú de tesouros (google reader) uma pesquisa sobre alimentos frescos e como mantê-los assim. Confesso que acho o tema meio… chato, mas nesse caso, toda a chatisse se esvai porque o assunto vem empacotado em design de muito bom gosto!

O autor da pesquisa, Jihyun Ryou (ou autora, como vou saber?), se propõe o desafio de dar forma ao conhecimento oral, utilizando como ferramenta o design. Adorei a abordagem: basicamente essa pessoa cria objetos que dão forma ao saber popular! Não é a toa que o nome da pesquisa é Shaping Traditional Oral Knowledge.

Não tenho certeza da eficácia de todas as soluções, mas adorei o conceito e o design e o projeto em si, que ainda convida as pessoas a compartilharem outras dicas. Conheça os produtos:

A simbiose entre a batata e a maçã – neste caso as maçãs são mantidas na parte superior e fecham a passagem de luz para as batatas, que mantidas no escuro, duram mais.

A verticalidade das raízes – neste projeto a areia mantem a umidade das raízes, ao mesmo tempo que permite a sua posição vertical, que segundo Ryou permite ao organismo economizar energia e desta forma permanecer fresco por mais tempo.

Umidade de frutas e verduras: a prateleira conta com um delicado estrado de madeira onde ficam os legumes e as frutas, dispostas sobre uma bandeja de vidro com um pouco de água com o objetivo de repor a água evaporada.

E o meu favorito: condimentos frescos – aqui Jihyun usa tampa de cortiça em um pote de vidro para conservar os condimentos. O segredo segundo ele está no arroz que fica acomodado em uma espécie de redezinha sob a cortiça com a função de absorver a umidade mantendo os condimentos sempre secos, e desta forma frescos.

Esse último não é tão diferente mas é bem charmoso! Ryou explica que a casca do ovo na verdade tem milhares de furinhos e que é permeável aos odores, por isso guardá-los na geladeira não é a melhor opção. Então ele criou a prateleira para guardar os ovos fora da geladeira, bem parecido com a galinha de arame que tenho aqui em casa… a novidade fica por conta do recipiente com água para testar se o ovo está bom ou não: Se afundar está bom, se flutuar está podre!

Design para o cotidiano: adoro isso!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s